Recordar é viver – Fotos do meu arquivo

Meus caros amigos, digitalizei umas fotos de família, de amigos… mas publico, apenas,  as que vão ver de seguida.

Tenho muitas fotos do meu tio e padrinho Padre Salvador, sobretudo de casamentos, festas religiosas e outros eventos da sua paróquia (de então) de Sande, mas, essas, para já, não publico.

É bom recordarmos tanta coisa boa do passado!

Felicidades para todos.

Salvador de Sousa

 

Feira Medieval na Feira do Pico de Regalados promovida pela Escola Monsenhor Elísio Araújo Na inauguração do Estádio “Alvalade XXI” Da esquerda para a direita: Angelina e tia Rosa (empregadas do meu tio); Padre Salvador de Sousa; minha avó paterna; meu pai; Sebastião Pimenta de Vilarinho. Foto no Bom Jesus tirada no dia da minha primeira comunhão Convívio com alguns  alunos de Filosofia e de Psicologia (disciplinas que lecionávamos no Alentejo no ano letivo 1980/81) do Afonso, em Serpa, na casa onde residíamos.Eu trabalhava em Beja. Alguns convidados do batizado do meu filho Luís, levando as sobremesas da casa onde morávamos, em Real (Vilarinho) para a casa dos meus pais, onde foi servido o almoço. Almoço na casa dos meus pais Encerramento da Visita Pascal, em 2002, na minha casa. Foram mordomos: Salvador e Aurora/João Gonçalves e Teresa. Altura em que se cantavam os parabéns ao meu pai Condiscípulos do meu tio e padrinho, Padre Salvador de Sousa  Ofertório nas Bodas de Prata sacerdotais do meu tio. Podemos observar também o sacerdote, Padre Abel Morais, pároco na Portela do Vade. Lista concorrente à Câmara. Altura em que fui vereador da Câmara Municipal de Vila Verde Casamentos no Sameiro de Amaro Cunha/Rosa Sousa e João Martinho/Maria Cunha Os meus pais/noivos Colegas do meu tio PadreNo Seminário de Nossa Senhora da Conceição 1968/69

Quarta fila, da direita para a esquerda, sou o terceiroNo Seminário de Filosofia (Santiago) – 1971/72

Última fila, da esquerda para a direita, sou o quartoNo Seminário de Nossa Senhora da Conceição -1969/70

Última fila, da direita para a esquerda, sou o segundoNo Seminário de Filosofia (Santiago) – 1972/73

Última fila, da esquerda para a direita, sou o primeiro

No Seminário de Nossa Senhora da Conceição – 1968-69 Meus condiscípulos na Senhora da Peneda Meus condiscípulos Minhas estagiárias, na Escola de Arcos de Valdevez, de Língua Portuguesa

No ano passado (2016), vinte e oito anos depois, quiseram reencontrar-se num convívio, em que participaram vários colegas, nos Arcos de Valdevez. Residem no Porto. Ofereceram aos presentes uma medalha comemorativa. Compasso em Vilarinho Compasso em Vilarinho Compasso em Vilarinho. Foto tirada na casa dos meus pais Na paróquia do meu padrinho em Sande, minha segunda terra. Almoço no intervalo do compasso em 2002. Mordomos: Salvador Sousa, João Gonçalves e respetivas esposas Convívio na minha casa Altura em que falava na Igreja Matriz de Ponte de Lima, em nome dos pais, no final do curso da minha filha Paula Padre Amaro e o meu pároco, Pe Francisco na missa do batizado do meu filho Luís Convidados da minha primeira Comunhão no Bom Jesus: meu avô materno, Angelina (empregada do meu tio), Manuel Veloso, José Maria, Padre Salvador, eu (batizando), AntónioSousa (meu pai), Alice (minha irmã), Teresa (minha irmã), Maria Meireles (minha mãe), Rosa Sousa (minha irmã) e Rosa Vilela (minha avó materna) Compasso. Foto tirada na casa dos meus pais Meu pai, eu, meu padrinho, avó paterna e Angelina Convívio na minha casa, ainda em obras, no final da Procissão dos Passos  Pessoas que participaram na assinatura do contrato de geminação entre Vila Verde e Lhomar (Alemanha) Foto tirada no final da assinatura em Lhomar. Na altura, fui chefe do protocolo. Uma homenagem em Vila Verde Antigo Reitor do Seminário Conciliar natural de Coucieiro Padre Zé (pároco de Pico S. Cristóvão), pároco de Ponte S. Vicente, meu tio e Pe Manuel Braga (pároco de Gomide) Padre João, pároco da Matriz dos Arcos de Valdevez dá, pela primeira vez, a comunhão ao meu filho Eu e o meu filho Luís    Jantar no Restaurante “O Púcaro” em Cascais  Meu pai, mordomo da Cruz Padre Campos que colaborou na Procissão de Passos Familiares, convidados no nosso casamento Foto tirada na altura em que o meu pai foi mordomo. Casa dos meus pais Amigos do meu tio Meus filhos Padre Francisco Padre Gavina com os meus filhos  Convite da Missa Nova do meu tio/padrinho, Padre Salvador. O que está escrito foi por alguém posteriormente. Em Sande: Padres, Abel, Francisco, Salvador e João de Coucieiro Padres, Francisco, João (S. Pedro de Valbom),Salvador e Padre Domingos de Prado S. Miguel Padres, Salvador, Abel Morais (Portela do Vade) e Domingos da Mota Vieira de Prado S. Miguel Padre Gavina com a minha filha Paula Foto com paroquianos dos padres Francisco,Salvador, Abel Morais e Domingos Vieira Visita Pastoral a Vilarinho do Bispo D. António dos Santos que foi Bispo do Porto No final de um torneio no Seminário de Santiago em Braga. Domingos, irmão do Padre Granja, antigo pároco de Vila Verde, a colocar-me uma medalha. Equipa vencedora.Foto tirada na residência paroquial de SandeAlmoço no Hotel do Elevador, no Bom Jesus. Bodas de Ouro Matrimoniais do Casal, Professores Ernesto Ferreira e de Maria Manuela Rodrigues Casamento, assistido pelo Padre Salvador, da irmã Rosa (irmã do Padre Salvador) com Amaro Cunha e da irmã deste , Maria Cunha com João GonçalvesBodas de Prata sacerdotais do meu tio, Padre SalvadorNuma visita à Universidade de Coimbra

 

14 pensamentos em “Recordar é viver – Fotos do meu arquivo

  1. Bom dia Salvador
    Sou o Figueiras de Vila Praia de Âncora e como é bom recordar um grande amigo do Seminário de Braga a denominada “Tamanca”
    Espetacular esta série de fotos que para sempre permanecerão na memória de todos nós
    Quando a raiz é forte a árvore e os seus respetivos frutos serão sempre ativos com excelente qualidade
    Um grande abraço de amizade para ti e toda a tua família e que Deus vos proteja sempre
    De Vila Praia de Âncora com muito Sol e algum frio
    José Figueiras
    16Nov2017 Qui

  2. Todas as fotos serão sempre uma recordação – é para isso que elas servem! Mas a que gostei mais foi daqueles “pombinhos” aos pés do Longuinhos…
    Parabéns! Abraços

      1. Boa noite,

        O nome Lúcio Salvador de Sousa não lhe diz nada? Tenho uma carta escrita em 9 de setembro de 1964, em Budens, assinada por um Padre Lúcio. Tenho a digitalização de um postal escrito em 24 de maio de 1964, em Fátima, por um Lúcio Salvador de Sousa que se diz finalista do Seminário dos Olivais. Por favor, confirme-me se reconhece o remetente desses dois documentos.

        1. Olá, como vai?
          O sacerdote com o nome que refere não conheço. O meu tio e padrinho, Padre Salvador de Sousa, já falecido, não é, porque não frequentou o Seminário dos Olivais e não inclui o nome Lúcio.
          Sempre ao dispor,
          Salvador de Sousa

          1. Boa noite,

            Está tudo bem. Obrigado pela resposta. Pena o meu Salvador de Sousa não ser o mesmo que o seu, pelo menos tentei.

  3. É tão bom recordar pessoas que nos foram tão queridas e das quais guardamos belas memórias: os teus familiares, o Padre Salvador, o Padre Francisco e outras, com quem lidamos de perto e com as quais tivemos relações de amizade. Estas recordações fazem-nos “parar um pouco” para avivar a nossa mente da influência que muitas delas tiveram na nossa formação.
    Muito bom.
    Grande abraço

  4. Há que tempos eu busco na net imagens ou notícias acerca do Seminário da Tamanca no final da década de 1960 princípios de 1970. Finalmente encontrei qualquer coisa! Ingressei naquela casa em 1968/69 e 69/70. Reconheci numa das fotos os padres Coutinho, Macedo e Fonseca. Todavia, não me vejo em quaisquer daquelas fotos. Sei que eram produzidos uns chamados “calendario-programa” onde eram inseridas estas fotos e lembro-me, pelo menos, de figurar numa delas. De resto, quase tudo se me apagou da memória daquela “manhã submersa”. Obrigado, se tiver mais alguma foto daqueles anos agradecia que publicasse.

    1. Por acaso, tenho o calendário do ano letivo 1969/70. Se me disser o nome completo, posso tentar encontrar a foto de curso.´
      Estou ao dispor,
      Salvador de Sousa

  5. Obrigado, amigo!

    O nome completo, é João Armindo Gonçalves da Costa. Entrei diretamente para o 2º ano letivo em 1969/1970 (erradamente indiquei antes o ano 68/69). No ano 68/69 frequentei a Escola Preparatória D. João Aboim, inaugurada nesse ano (completam-se agora 50 anos). A minha passagem pelo seminário foi meteórica, frequentando depois a André Soares, o Liceu de Viana do Castelo e, finalmente, a Universidade do Minho.
    Se tiver fotos dos anos de 1969/70 e 70/71 que possa digitalizar e enviar-me para o meu e-mail, ficar-lhe-ia muito grato.
    Grande abraço.
    João Costa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *